quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

A vida no campo e a vida na cidade.

Era uma vez um menino chamado Simão. Todos os dias o Simão tinha de ir deitar comida aos porcos, patos, galinhas e outros animais da quinta. Ele gostava muito da quinta. Do cheiro da quinta, dos animais da quinta, da brisa da quinta, a amizade com os seus avós, e muitas mais coisa!
Hoje o meu primo da cidade vem o visitar.
Passado algum tempo só se ouve:
-Chegou! - Disse a avó, com um sorriso rasgado.
-Quem chegou?
- O teu primo!
No jantar, o meu primo parecia não gostar. E não gostava mesmo. Depois de jantar fomos brincar para o meu quarto.
No dia seguinte o meu primo foi se embora porque já não aguentava barafunda da quinta.
Eu fui com ele, ele disse-me que lá era tudo divertido, e eu fui com ele.
No dia seguinte, fomos ao hipermercado e eu não gostei.
A comida não gostei, era só batatas fritas, preferia brócolos, couves e essas hortaliças.
Passado alguns dias também me fui embora não aguentei a barafunda.

(Gato dourado, 4ªano).

Este texto dá para ensinarem a diferença entre a vida do campo e a vida da cidade. Sinceramente não gostei da parte das batatas fritas.
Xau.

6 Comments:

Anônimo said...

Olá Gato Dourado!
Mas que orgulo ter um aluno que escreve os seus textos no blog directamente de casa! Realmente é muito bom trabalhar em Vilela...
Professor CArlos

Daniela said...

O texto eatá bem escrito e bem inventado.

Beijo

Anônimo said...

ta fixe... ker dixer fazes melhor... bjokas ana

Anônimo said...

Muitos parabéns!
É bom saber que ocupas bem o tempo quando eu não estou em casa. Sou uma mãe muito feliz por ter um filho tão responsável e empenhado na escola.Penso que és um exemplo a seguir! um beijo do tamanho do mundo da tua mãe que te ama muito.
Lurdes

Anônimo said...

Anônimo said...
bue podre nao consegues fazer melhor ass:Paula Brito

Anônimo said...

numca vi coisa mais podre es mesmo puto feio cócó assi: paula Brito